Ábaco: especialistas no setor têxtil, de vestuário e calçado

LinkedIn0FacebookTwitterGoogle 0Entrevista a Fernando Lopes, transcrita da SAP Club: – Desde o início da sua actividade que a

0
0

Entrevista a Fernando Lopes, transcrita da SAP Club:

– Desde o início da sua actividade que a Ábaco se tem posicionado como implementador de soluções SAP com grande foco nos sectores do têxtil e de calçado. Porque optaram por se especializar, digamos assim, nestas áreas em particular?

A estratégia da Ábaco sempre passou pela especialização em alguns sectores de actividade de forma a ter uma oferta diferenciada dos outros players do mercado. A ideia passaria por aliar a experiência na implementação de soluções SAP ao forte conhecimento dos processos do cliente, para que os nossos interlocutores sentissem que entendemos todos os requisitos específicos de uma determinada área, mesmo quando utilizam os termos próprios do seu negócio. Mais do que isso, queremos transmitir a ideia de que reconhecemos o problema e podemos aconselhar várias soluções possíveis fruto do trabalho em clientes idênticos. A aposta no sector do têxtil, vestuário e calçado decorre da junção de três factores importantes:

– Aquando do início da Ábaco, a maior parte dos nossos consultores já terem participado num projecto na área do vestuário desportivo: esta primeira experiência levou-nos a procurar mais leads nesta área;

– A contratação de elementos oriundos de empresas do sector ITV (Industria têxtil e Vestuário), alguns dos quais com um conhecimento bastante consistente em SAP, complementando ainda mais o nosso know-how no sector;

– O nosso mercado geográfico mais próximo (Norte de Portugal) ser bastante rico em empresas que operam no sector do têxtil, vestuário e calçado. Esta proximidade aliada ao dinamismo que algumas destas empresas apresentavam colocaram este sector definitivamente no nosso radar.

Que tipo de soluções da SAP endereçam especificamente a estes sectores? Têm soluções verticais próprias desenvolvidas em cima dos standards da SAP? Quais e o que proporcionam aos vossos clientes?

Neste momento trabalhamos apenas com soluções standard da SAP, sendo estas complementadas com algumas parametrizações pré-configuradas, baseadas nas melhores práticas do sector, tendo em vista o aceleramento do Projecto.

Basicamente trabalhamos com 3 soluções : SAP AFS (Apparell and Footwer Solution), SAP Mills e SAP Retail.

– O SAP AFS está vocacionado para empresas do sector do vestuário e calçado com forte vertente produtiva, apresentando a possibilidade de trabalhar os produtos através da matriz de dimensões (habitualmente cor/tamanho).

– O SAP Mills é dirigido a empresas de cariz produtivo, nomeadamente fiações e tecelagens.

– Já o SAP Retail é aplicado a empresas com forte componente comercial (retalho), normalmente da fileira moda. Esta solução também permite a gestão de produtos através da referida matriz de dimensões. De referir que em termos de Roadmap de soluções SAP está previsto para um futuro próximo a unificação das soluções AFS e Retail.

Transversalmente a estas 3 soluções verticais, a solução SAP permite, além das características normais de um software integrado como o SAP, funcionalidades para o controlo da subcontratação (com o detalhe que o cliente pretender) e a gestão efectivas de partidas ou lotes.

– No que toca à área têxtil, a Ábaco adquiriu ao longo dos últimos anos um elevado know-how que lhe permite ter clientes da área em 3 mercados diferentes. O que vos distingue, em termos de trabalho e metodologia?

Efectivamente somos uma referência no sector do têxtil, vestuário e calçado tanto a nível nacional como internacional. Em Portugal, somos sem margem para dúvidas o parceiro que mais implementações tem no sector, sendo mesmo os únicos com referências em algumas destas áreas.

É habitual serem os próprios clientes a confidenciarem-nos que notam nas nossas questões e abordagem um conhecimento do sector que não encontram em mais nenhum parceiro.

Tendo em conta toda esta experiência, obviamente que conseguimos ter metodologias que nos permitem implementar projectos de um modo mais expedito sendo garantido ao cliente que atingimos os objectivos “on time and on budget”. Essa metodologia é apresentada ao mercado sob a forma de RDS (Rapid Deployment Solution) para AFS e está certificada pela SAP.

De referir ainda, que a Ábaco foi a primeira, e penso que ainda única, empresa em Portugal com a certificação internacional da SAP em Active Quality Management (AQM), certificando a empresa em relação às suas metodologias de Projecto.

– Tendo larga experiência em projectos de implementação no têxtil e no calçado, a Ábaco tem prestado um grande contributo à SAP no Brasil no aumento da sua quota de mercado nestes segmentos, nos quais a solução SAP AFS não tinha, até agora, grande representatividade. De que forma isso tem acontecido e porque acha que os clientes não davam tanta atenção a esta ferramenta da SAP?

A Ábaco Brasil neste momento participa em todos os projetos que envolvem o Setor Fashion no Brasil: Lupo, Malwee, Arezzo, Alpargatas e Hering.
Estando ainda para iniciar mais 2 projetos de referência, no segundo trimestre deste ano, que não podemos ainda tornar públicos.

O que a Ábaco conseguiu ao longo destes 4 anos foi, através do seu vasto conhecimento da Industria,  inverter uma imagem de fraca aderência do SAP AFS/Retail ao setor. Fruto dessa inversão e dos casos de sucesso conseguidos a indústria está a aceitar o SAP como um standard.

De ressaltar o empenho e o alinhamento que a SAP Brasil e a Ábaco têm em conjunto para este setor. Fruto deste alinhamento foi o reconhecimento pela SAP Brasil do valor da parceria com a Ábaco tendo convidado a Abaco para fazer parte do Comité Estratégico de Parceiros de Canal. Comité esse do qual fazem parte os 13 Parceiros mais relevantes que representam 70% das vendas indirectas da SAP Brasil.

Com a nossa expertise e as ferramentas SAP, nomeadamente com as novas soluções SAP for Fashion a ser lançada em breve, o mercado potencial é enorme sendo a expectativa de muito negócio nos próximos meses.

– Qual é neste momento o peso e relevância do Brasil nos resultados globais da empresa? É um mercado estratégico? Que oportunidades apresenta, não só no têxtil/calçado, mas igualmente noutros sectores de actividade?

O Brasil é para nós um mercado estratégico que representa muito perto de 50% do volume de negócios do Grupo. Efectivamente trata-se de um mercado onde alguns dos sectores onde somos fortes estão em franca expansão, como é o caso do Têxtil&Vestuário e da Engenharia&Construção. O volume de negócios médio dos nossos clientes nestes sectores ultrapassa 1 bilião de Reais.

Temos efectivamente coleccionado importantes referências em cada um dos sectores, replicando o que tem sido o nosso trajecto em Portugal.

Nota de última hora:

A Ábaco foi escolhida para implementar SAP na NST Apparel Europe. A NST é uma empresa multinacional do sector têxtil  que se estabeleceu recentemente em Portugal e nesta sua nova unidade decidiu fazer uma implementação SAP de raiz. A nova unidade localizada em Paredes vai confeccionar fatos tendo como destinatários clientes da gama média-alta.

Esta implementação utilizará também a solução SAP AFS (solução vertical da SAP para o sector têxtil, vestuário e calçado), reforçando a posição de liderança da Ábaco no sector do vestuário.

Pin It

Leave a Comment

Subscribe!